Feriado prolongado tem Festival da Jabuticaba em Sabará

Feriado prolongado tem Festival da Jabuticaba em Sabará

Evento terá venda de produtos, shows e circuito gastronômico

Wallace Oliveira

Brasil de Fato | Belo Horizonte (MG)

Há tempos, muitos moradores de Sabará cultivavam jabuticabeiras em seus quintais - Créditos: Foto: Divulgação
Há tempos, muitos moradores de Sabará cultivavam jabuticabeiras em seus quintais / Foto: Divulgação

Fruta típica da Mata Atlântica, 100% brasileira, direto de Sabará. Entre os dias 15 e 18, a cidade sedia a 32ª edição do Festival da Jabuticaba de Sabará. O evento já faz parte da tradição local. Haverá um circuito gastronômico, estandes com a fruta in natura e derivados, pratos feitos por famosos chefs de cozinha, oficinas de gastronomia, barracas de comidas, venda de produtos artesanais e shows com músicos locais.

► CONSERTO E MANUTENÇÃO DE VENTILADOR EM SABARÁ

A festa é promovida pela Associação dos Produtores de Derivados de Jabuticaba de Sabará (Asprodejas), com o apoio da Prefeitura de Sabará. Na última edição, em 2017, mais de 150 mil compareceram às atividades. Em 2018, espera-se que novamente haja uma participação massiva.

► CONSERTO E MANUTENÇÃO DE MÁQUINA DE LAVAR EM SABARÁ

“O festival este ano aumentou um dia para acolher melhor as pessoas. A montagem começou desde 1º de novembro para receber os turistas e para que eles tenham uma ótima experiência”, informa Meire Ribeiro, presidenta da Associação dos Produtores de Derivados da Jabuticaba de Sabará (Asprodejas).

Tradição e desenvolvimento

Há tempos, muitos moradores de Sabará cultivavam jabuticabeiras em seus quintais. Por volta de 1986, algumas mulheres resolveram usar da fruta para produzir derivados, distribuir e vender na própria cidade.

► MONTADOR DE MÓVEIS EM SABARÁ

“Surgiu a oportunidade de fazer uma festa nos bancos da praça. Começou assim o 1º Festival das Jabuticabas. Junto com isso, algumas pessoas vinham alugar pés e passavam o dia ali embaixo da árvore chupando a fruta. Essa tradição foi crescendo. Há dez anos, montamos a associação, para ter mais força, sermos mais organizadas, e começamos a melhorar o festival”, conta Meire Ribeiro.

Atualmente, em parceria com as Secretarias de Meio Ambiente e Turismo, as mulheres da associação pretendem desenvolver os negócios relacionados à fruta na cidade, desde o plantio, passando pela transformação e comercialização.

“Junto com a [Emater Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais], vamos lá na zona rural melhorar a produtividade das jabuticabeiras, a quantidade existente no município, porque já enxergamos que nosso futuro desenvolvimento passa pela jabuticaba”, anuncia a produtora.

► MUDANÇA E CARRETO EM SABARÁ

No dia 23 de outubro, a Asprodejas recebeu o Selo de Indicação Geográfica do Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Isso significa que o produto garante ao consumidor certificando que é genuíno e possui qualidades particulares, ligadas ao seu local de origem. “Assim como o Queijo do Serro, o Queijo da Canastra tem, a Cachaça de Salinas, agora são os derivados da jabuticaba de Sabará. Isso é muito importante para Minas e para a nossa cidade”, comemora.

Onde: Praças Melo Viana e Santa Rita. Centro Histórico, Sabará

Quando: De 15 a 18 de novembro

Programação: festivaldajabuticabasabara.com.br

,
One comment to “Feriado prolongado tem Festival da Jabuticaba em Sabará”
  1. Pingback: Festival da Jabuticaba - Sabará - 2018

Deixe uma resposta